quarta-feira, novembro 12, 2008

Tenho uma amiga que foi vítima de violência ex-doméstica. O ex-namorado tentou partir-lhe um dedo. Cansado de sofrer com a faceta chata que ela tem e que gosta tanto de descarregar sobre ele. Porque sempre foi assim e essa faceta chata sempre o fez rir e desesperar ao mesmo tempo. Ela sempre conseguiu tirar-lhe a cor cinzenta e dar-lhe um ar mais colorido. Mesmo depois de alguns anos de separação. E ele o que fez por ela? Isso ela nunca lhe disse, mas diz agora. Toda a estrutura emocional que ela exibe muito bem feitinha, muito decidida, muito segura do que quer, foi ele que ajudou a construir. A parte mais bem resolvida deve-se a ele. Cresceu com ele. Não às custas dele. E agradece-lhe por isso. E gosta de o ver todos os dias e pensar: “Foi das pessoas mais importantes da fase que tem o título: Lisboa.”

4 comentários:

móz disse...

Mas já te bateu melhor, não é?

Mágica disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Mágica disse...

Estou sempre a dizer e repito. Deves ter sido muito feliz com ele. Ele é muito agradável de chatear, sim senhor, até eu gosto!

BlueLightSpecial disse...

Gosto de te ler assim: positiva!
Só para que saibas, gosto de estar a ler-te e a ver-te ao mesmo tempo, hoje calhou e tem outro encanto.
Beijos com saudades***