segunda-feira, novembro 17, 2008

Tenho uma amiga que me mandou um email. Uma amiga que era a melhor nos tempos de escola. Que tem a minha idade, tem um filho e um homem de papel passado. E que me viu na tv e decidiu retomar o contacto. Fez bem. Era a minha melhor amiga. A Ana loirinha que me deu um grande desgosto quando escreveu "Quando fui à primeira consulta de grávida, (há aproximadamente 1 ano) sabes quem encontrei lá?..um ex- teu, o António Pedro com a mulher!!! Por acaso estava bem giro e continuava simpático!). Caiu-me tudo! O meu primeiro namorado está casado. Pronto, já não há esperança. Só falta um ex-namorado casar... já está tudo corrido. Mas logo ele? O único homem que me deixou até hoje? Que acabou comigo no alto da maturidade dos 11 anos? E só porque me recusava a dar beijos de língua? Estou oficialmente em depressão profunda. Era lindo. Tinha duas covinhas, olhos azuis e o único defeito dele era querer dar beijos de língua. Quando li o mail desabafei em voz alta "era comigo que ele devia ter casado". Ao que alguém respondeu "se tivesse casado contigo já estaria divorciado a esta altura". Ninguém me leva a sério em matéria do amor. Não percebo porquê...

2 comentários:

BlueLightSpecial disse...

ahahahahahaha
Tu e o António Pedro teriam dado um casal lindo e filhos maravilhosos mesmo sem beijos de língua, já viste o que ele perdeu?
Hoje de manhã ouvi-te na rádio a "chover por dentro" com a notícia e fiquei-me a rir curiosa, imaginei que fosse ele e... tcharannnn, em cheio! Bonito!
A mim bateram-me as saudades desses tempos, mas assim tantas, tantas...
beijo pra ti!

móz disse...

Essa depressão bateu forte, mas passou rápido.
ahahah